sábado, 19 de dezembro de 2009

Porque hoje é sábado... HORA DO CONTO






"Um bicho estranho" com texto de Mon Daporta e ilustrações de Óscar villan. Ed. Kalandraka.


sábado, 12 de dezembro de 2009

Porque hoje é sábado .... HORA DO CONTO

O elefantezinho amarelo, com texto de José Carlos Chambel e ilustração de Rita Madeira. Este conto infantil tem como cenário a floresta selvagem. Um belo dia, nasceu um elefante amarelo o que causou muita estranheza entre os restantes animais. Singular, será verificar como todos souberam conviver com a diferença.
É para ler!

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Teatro: ÀS ESCURAS O AMOR


“Às Escuras o Amor” é um espectáculo posto em cena pela Associação Artística Andante. Irá subir ao palco do Auditório Municipal, já no próximo Sábado, dia 21 de Novembro, pelas 21.30H, numa iniciativa da Biblioteca Municipal em colaboração com a Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas.
O nome da peça “ Às Escuras o Amor” é, também, o titulo dum poema de David Mourão Ferreira, mas a ideia nasce a partir do livro Fragmentos de um Discurso Amoroso de Roland Barthes onde o autor oferece uma abordagem do Amor, enunciando as suas faces e etapas que são transversais às experiências de vida de cada um. No amor, como equacionar as nossas inquietações, inseguranças ou compreender o sofrimento? Andamos sempre à procura de respostas, exactamente na medida em que o amor se apresenta como “salto no escuro”, no desconhecido, a porta que tememos" mas, ao mesmo tempo, "não deixamos de abrir ainda que não saibamos o que nos espera”.
Na peça deparamos com uma rede de discursos e diferentes modos no uso da palavra. Uma intertextualidade onde se cruzam excertos de várias obras literárias, no caso autores portugueses. E, o que poderia parecer uma mera descontextualização dos textos está, porém, ao serviço duma significância e pluralidade de sentidos que o tema contém. Um desafio à nossa capacidade de sermos sujeitos activos, chamados a entrar em cena no reconhecimento de que o Amor é o maior bem, universal e inesgotável, aberto a novas leituras e perpassando todas as culturas.
E, fica o convite: deixarmo-nos cativar pela beleza dos textos que, tocando-nos, transformam a leitura num prazer. A não perder – teatro – uma forma de usufruir desse prazer!

sábado, 7 de novembro de 2009

Porque hoje é sábado ... HORA DO CONTO

Duas propostas de leitura para os mais pequenos:Macário dromedárioA sua bossa encolhe de cada vez que chora.
Incapaz de compreender os seus irmãos, não pára de chorar, mas nos momentos difíceis, Macário demonstrará quem é o mais forte.

Autor - Rachel Chaundler
Ilustrador: Bernardo Carvalho
Tradutor: Dora Isabel Batalim
Ed.: Oqo, 2009

Dinossáurio BelisárioA história de um tirano que se pensava intocável. “Belisário era o terror do mundo inteiro”...
Autor: Pepe Cáccamo
Ilustrador: Carles Arbat
Tradutor: Alexandre Honrado
Ed.: Kalandraka, 2003

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Hora do conto

No sábado, dia 24 do corrente mês, a Hora do Conto foi enriquecida com a participação de quatro professores da EBI-Penela e um grupo de utentes da CERCI Penela.
A animadora, Ana Raquel, recontou a história “Orelhas de borboleta”, já referenciada neste espaço, e “Amélia quer um cão” de Tim Bowley com ilustração de André Neves. Tradutores: Isa Pita e Elisabete Ramos. Editora Kalandraka.
Na Biblioteca existe o livro em inglês.

sábado, 17 de outubro de 2009

Porque hoje é sábado ... HORA DO CONTO

A Hora do Conto na Biblioteca foi hoje muito animada. A história começou assim:
"Alguns caracóis viviam numa suculenta couve.
Moviam-se delicadamente à volta dela, transportando as suas casas de folha em folha, em busca de um sítio tenro para mordiscar.
Um dia, um caracolinho disse ao seu pai:
- Quando for grande, quero ter a maior casa do mundo.
- Que disparate – respondeu o pai, que por acaso era o caracol mais sensato de toda a couve.
- Há coisas que são melhores pequenas. E contou-lhe a seguinte história... "A maior casa do mundo
Autor: Leo Lionni
Tradutor: Ana M. Noronha
Edição : Kalandraka
Aqui fica mais uma sugestão de leitura!

sábado, 10 de outubro de 2009

Porque hoje é sábado ... HORA DO CONTO

"Hoje já lancei milhares de feitiços,
e dei duas vezes a volta ao mundo.
Diz-me tu, gato de olhos mortiços:
onde é que eu durmo um sono profundo? "





A bruxa e o gato Mateus procuram a melhor cama do mundo ...

"O gato adormecido", livro de Judy Allen com ilustrações de Philip Giordano.
Tradução: Nuno Marques
Edição: Dinalivro.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

A ARTE DA LEITURA DE PAIS PARA FILHOS - Atelier

A Biblioteca Municipal organiza, hoje e amanhã, o atelier A ARTE DA LEITURA DE PAIS PARA FILHOS com o apoio do Instituto Português do Livro e das Bibliotecas.
Orientação: Andreia Brites e Sérgio LetriaPúblico Alvo: Pais e Filhos (Crianças dos 5 aos 11 anos)

Terá duas sessões:
- 2 de Outubro - 20h30m (só para pais) , tem como objectivo dar algumas informações teóricas sobre práticas de leitura e estratégias específicas de motivação.
- 3 de Outubro - 10h00m (pais e filhos) consiste num momento em que se promove a leitura a par e a escolha partilhada de livros no espaço da Biblioteca.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

ALMOFADA DE CONTOS - uma noite inesquecível



Muitas leituras, teatro, brincadeiras... numa noite curta para dormir. O palco de tudo, foi a biblioteca.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

ALMOFADA DE CONTOS

Vem dormir na ALMOFADA DOS CONTOS

No âmbito das comemorações do 3º Aniversário da Biblioteca Municipal de Penela, que se assinala no dia 29 de Setembro – Dia do Município, vai ter lugar a iniciativa Almofada dos Contos que consiste em levar as crianças a passar uma noite divertida e diferente na Biblioteca entre livros, jogos e teatro.

Pretende-se, assim, despertar o gosto e o interesse pela leitura, aproximando os utilizadores mais jovens deste espaço que é de leitura e informação, mas também de animação. Num ambiente descontraído as crianças poderão ouvir histórias, participar em jogos interactivos ou simplesmente partilhar emoções.

A recepção das crianças far-se-á pelas 20h30m do dia 28 de Setembro. Seguir-se-ão actividades de promoção do livro e da leitura – serão de contos, pintura da almofada dos contos, jogos diversos, exploração dos livros e mini-ceia antes de dormir.

Na manhã do dia 29 de Setembro, depois do pequeno-almoço, haverá, ainda, malabarismo, jogos interactivos numa viagem pelos vários planetas: “planeta do Chocolate”, “do Riso”. “do Dinossauro”, “do Circo” e “do Livro” dinamizado pelos MANDACARU até as 10h30m, hora prevista para o fim da iniciativa.

Nesta acção podem participar crianças entre os 6 e os 12 anos, mediante inscrição prévia. Devem trazer saco cama, almofada, colchão, pijama ou fato de treino, caneca e escova de dentes. A Biblioteca oferece a mini-ceia e o pequeno-almoço.

Para mais informações contactar a
Biblioteca Municipal de Penela

terça-feira, 22 de setembro de 2009

A HORA DO CONTO recomeçou

A HORA DO CONTO é a actividade dos sábados (de manhã) na Biblioteca.
No passado dia 19, à hora habitual, os meninos ouviram e leram histórias.
O mote foi dado a partir do livro:
"A coisa que mais dói no mundo" – a recriação de um conto tradicional da Costa do Marfim por Paco Liván. A ilustração é de Roger Olmos e Dora Isabel Batalim traduziu. Editou a OQO.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

FLUVIOTECA - edição 2009

A Biblioteca Municipal na Praia Fluvial da Louçaínha

Desde o dia 22 de Julho, a Biblioteca Municipal leva os seus serviços até à Praia Fluvial da Louçaínha. É, neste cenário fabuloso, entre a natureza verdejante e o verão a convidar para um mergulho nas águas das represas naturais, que a Biblioteca cumpre mais um objectivo: permitir a todos desfrutar do prazer da leitura.
Temos livros, jornais, revistas, jogos... à sua espera!
Mergulhe, também, na leitura!
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTODas 14.30 às 18.30 Horas, todos os dias inclusivé aos fins-de-semana e feriados
Até 31 de Agosto.

sábado, 1 de agosto de 2009

Horário de Verão



A Biblioteca Municipal, durante o mês de Agosto, passa a funcionar no seguinte horário de abertura ao público:
De segunda-feira a sábado das 10.00 às 18.00 horas.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

JOSÉ MALHOA - Exposição Temporária


JOSÉ MALHOA, com a Arte na Alma, é o título da exposição, da autoria de Miguel Portela e de Margarida Herdade Lucas, patente na Sala de Exposições do Auditório Municipal, desde o dia 4 de Julho.
José Vital Branco Malhoa nasceu em Caldas da Rainha a 28 de Abril de 1855. Pintor, desenhista e professor português, foi pioneiro do Naturalismo em Portugal, corrente que perpassa a sua obra. Chegou, porém, a integrar o Grupo de Leão que perfilava os valores românticos e pré-naturalistas que precediam a sua época, mas destacou-se também por ser um dos pintores portugueses que mais se aproximou da corrente artística impressionista.
Realizou inúmeras exposições, tanto em Portugal como no estrangeiro. O prestígio atingido ainda em vida valeu a José Malhoa numerosas consagrações e homenagens, assim como muitos discípulos e seguidores.
Foi o primeiro presidente da Sociedade Nacional de Belas Artes e foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem de Santiago. Em 1933, ano da sua morte (Figueiró dos Vinhos), foi criado o Museu José Malhoa nas Caldas da Rainha.
Na sua pintura prevalece a paisagem inundada de luz que o sol reflecte e, nela, num apertado compromisso com a sociedade do seu tempo, retrata com crueza natural o quotidiano do povo rural ou apresenta os costumes da burguesia, mas imprimindo sempre alma aos seus quadros.
Esta exposição é um roteiro que dá a conhecer a vida e obra do pintor português, José Malhoa, agora que se comemoram os 75 anos da sua morte.
Aproveite, ainda, para visitar a exposição até ao dia 1 de Agosto.


quarta-feira, 15 de julho de 2009

Leituras de Verão

Férias – tempo privilegiado para usufruir do prazer de ler, ou simplesmente, a oportunidade para ler mais.
A Biblioteca apresenta algumas propostas de leitura.
Boas Férias ... (com livros)!

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Hora do Conto

Da Hora do Conto do passado sábado, dia 4 de Julho, saíram mais duas sugestões.
Sapo é sapo”, livro escrito e ilustrado por Max Velthuijs e editado em Portugal pela Caminho. Neste livro, o Sapo quer ser igual aos seus amigos, no entanto, acaba por perceber que os seus amigos gostam dele tal qual como é – um sapo verde. É um livro que fala de auto-estima, da aceitação do outro e também de amizade.
O livro de António Mota com ilustração de Rui Castro, “Se eu fosse um mágico”, convida os leitores a entrar num mundo de fantasia onde as várias situações apresentadas potenciam o estímulo à imaginação. Uma edição Gailivro.
Duas abordagens que integram a realidade humana. Respectivamente: a capacidade de aceitação e convivência com os outros e a capacidade de cada um para se recriar continuamente.
Como “de pequenino se torce o pepino”, a Biblioteca pretende com o seu trabalho, que as crianças adquiram o gosto pelos livros, pela escrita, pela leitura e pelas ideias que os livros transmitem.
Agora, que a actividade da Hora do Conto também faz uma pausa no período de férias escolares, fica um pedido:
Nas férias, não deixem os livros sozinhos!

sábado, 27 de junho de 2009

sábado, 20 de junho de 2009

... porque hoje é sábado!

Hora do Conto
Mais contos, histórias ... e muitos LIVROS para ler! ... e, naturalmente, as crianças ficaram a conhecer melhor a sua biblioteca. Era, aliás, esse o objectivo da actividade desenvolvida no ateliê.

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Hora do Conto para pais e filhos

No dia 16 pais e filhos não faltaram ao encontro. A contadora de histórias Helena Faria não pôde vir como estava programado, mas veio a Ana Mónica da Camaleão que trouxe um punhado de contos e encantou.
Aqui ficam alguns livros por onde passeámos!

Contos de Ratinhos de Arnold Lobel,
tradução de Dora Isabel Batalim.

Orelhas de Borboleta de Luisa Aguilar,
ilustrações de André Neves,
tradução de Elisabete Ramos.

Papa, por favor, apanha-me a Lua de Eric Carler,
tradução de Lisete Alfonso e Isabelle Buratti.

Todas estas publicações são da Editora kalandraka .
Somos ainda a informar que a Hora do Conto para Pais e Filhos tem um interregno no período de verão, mas estará de volta em Outubro próximo.
Convêm não esquecer que a Biblioteca não tem férias, por isso, apareçam sempre!

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Pais e filhos: - VAMOS LER JUNTOS


Amanhã,
16 de Junho, pelas 18,30 Horas,
"VAMOS LER JUNTOS " com Helena Faria,
contadora da Camaleão.
Não pode perder!
... na sua Biblioteca!


sábado, 13 de junho de 2009

... porque hoje é sábado!

Eis os livros lidos, hoje, na HORA DO CONTO:
"Um segredo do bosque"


"Nos bosques do Norte cheira a mar,
as árvores ocultam tesouros,
as brumas escondem enigmas,
os ventos levam mensagens
e os animais guardam segredos fascinantes."

Este é o começo para o livro de Javier Sobrino. Numa linguagem simples mas cheia de poesia, vai-se descobrindo a magia das palavras que ditam a amizade.
As ilustrações são de Elena Odriozola. Edição da OQO Editora.

"Trabalha Crispim, trabalha!"

Livro de José Vaz , com ilustração de Helena Magalhães. Edição Gailivro.
A história de amizade entre um carpinteiro e um santo, serviu para contextualizar a celebração do dia de Santo António – Santo popular – a 13 de Junho.


Ficam, agora, como propostas de leitura!

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Busque Amor novas artes, novo engenho
Busque Amor novas artes, novo engenho
Pera matar-me, e novas esquivanças,
Que não pode tirar-me as esperanças,
Que mal me tirará o que eu não tenho.
Olhai de que esperanças me mantenho!
Vede que perigosas seguranças!
Que não temo contrastes nem mudanças,
Andando em bravo mar, perdido o lenho.
Mas, enquanto não pode haver desgosto
Onde esperança falta, lá me esconde
Amor um mal, que mata e não se vê,
Que dias há que na alma me tem posto
Um não sei quê, que nasce não sei onde,
Vem não sei como e dói não sei porquê.


Luís de Camões

sábado, 6 de junho de 2009

Porque hoje é sábado ... Hora do Conto

"O meu pai" e "A minha mãe" de Anthony Browne, foram as histórias contadas, hoje, na hora do conto.
Duma forma realista e com um extraordinário sentido de humor, ora no texto ora na ilustração, o autor sugere, nestes dois livros, a força surpreendente dos afectos e a importância dos laços de familia.
«O meu pai podia ser um doutor ou um atleta, podia ser um dançarino ou um grande cantor. Mas é o MEU pai, que há-de gostar sempre de mim.»

«A minha mãe podia ser bailarina ou astronauta, podia ser uma estrela de cinema ou uma grande empresária. Mas é a MINHA mãe, que há-de gostar sempre de mim.»
Estes e outros livros do mesmo autor na nossa Biblioteca!
Consulte o Catálogo!

Anthony Browne é um reconhecido autor e ilustrador inglês de livros infantis, tendo já cerca de 40 títulos editados. Recebeu vários prémios, dos quais se destacam o Kate Greenaway Medal em 1983 (Gorilla) e 1992 (Zoo); o Prémio Kurt Maschler, por Gorilla(1983), Alice`s Adventure in Wonderland (1988) e Voices in the Park (1998).
É detentor do muito prestigiado prémio Hans Christian Andersen (o «Nobel» da literatura infantil) de ilustração, no ano 2000.

sábado, 30 de maio de 2009

Hora do Conto





"As ideias da Bia"
de Elizabeth Baguley, com ilustrações de Gregoire Mabire,
foi o livro abordado hoje, na hora do conto.

sábado, 23 de maio de 2009

HORA DO CONTO

A Hora do Conto é uma das actividades da nossa Biblioteca. Decorre todos os sábados das 10.30 às 12.30 horas. Entre LER, OUVIR e CONTAR as crianças “aprendem” o gosto pelos livros, além disso, podem sempre dar azo à imaginação nas várias actividades propostas.

Hoje contámos estas histórias:

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Feira Medieval 2009

Animado fim-de-semana em pleno
Centro Histório de Penela.

PROGRAMA
22 de Maio Sexta Feira, das 19h00 às 24h00
A Presença Moura no Castelo de Penela – Ceia Árabe
Ceia das três culturas e dos três credos
Danças mouriscas, encantadores de serpentes, cantores sarracenos
23 de Maio Sábado, das 17h00 às 24h00
Século XI, O Domínio de D. Sesnando
Manjares e beberagens
Danças e folias pelos Saltimbancos e Menestréis
Assalto ao Castelo
Orações e Cantares
24 de Maio Domingo, das 12h00 às 22h00
Século XII, O Reinado de D. Afonso Henriques
Banquetes e beberes da pipa
Cortejo Histórico
Torneio Medieval
Vozes Sacras «Labor Omnia Vincit»
Confira ao pormenor todo o programa em: http://www.cm-penela.pt/

domingo, 17 de maio de 2009

VAMOS LER JUNTOS com Pedro Correia


"VAMOS LER JUNTOS", na próxima terça-feira, dia 19 de Maio, pelas 18.30 horas. Vamos ter connosco o contador de histórias Pedro Correia da Associação Cultural Camaleão com sede em Coimbra.A não esquecer!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Espaço-Museu Villa Romana do Rabaçal - NOVA EXPOSIÇÃO

Iniciativas visando comemorar o Dia Internacional dos Museus (18 de Maio) vão acontecer em todo o mundo. Os museus estão em festa. Este ano o tema posto à reflexão é “Museus e Turismo”. É importante que os museus entrem nos roteiros e programas turísticos, se tal justifica a sustentabilidade do turismo em muitos locais, o que mais importa é que duma forma decisiva se está a divulgar a identidade cultural dum povo, duma região particular ou quiçá a genialidade e beleza da criação humana.
Penela está na rota.
Amanhã, pelas 11.00 horas, no Espaço-Museu Villa Romana do Rabaçal, será inaugurada a exposição “Registo gráfico de mosaicos “in situ” na “Villa” Romana do Rabaçal, 2002-2008”. Para além de mostrar o espólio de mosaicos existentes, a exposição visa enaltecer a experiência de voluntariado e de entreajuda internacional nas escavações arqueológicas sazonais, desde o seu início.
A par da exposição será lançado o respectivo CATÁLOGO com o registo gráfico dos mosaicos, a contribuir, assim, para a eternização da memória da cultura dos nossos antepassados romanos e que se oferecerá, também, como ajuda ao estudo e investigação sobre a temática.

Visite o Espaço-Museu da Villa Romana do Rabaçal! A entrada é gratuita nos dias 16, 17 e 18 de Maio.

Fica ainda a sugestão para um magnifico passeio pelo vale do Rabaçal proporcionado pela Go Outdoor. Saiba como em:http://www.aventura.go-outdoor.pt/

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Em destaque - PENELA história e arte

A Câmara Municipal reeditou, recentemente, o livro PENELA história e arte de Salvador Dias Arnaut e Pedro Dias.
A 1ª edição, datada de 1983, desde sempre se impôs como obra de referência do Concelho de Penela pela mestria e simplicidade como é contada a sua História, mostrando todo o seu Património natural e construído.
A nova edição apresenta, agora, uma melhoria do ponto de vista gráfico, tendo sido, ainda, introduzida informação relativa a novos indicadores que testemunham a evolução do Concelho.

“Quem ler ou reler este livro, fará uma viagem pelos Castelos Medievais de Penela e do Germanelo, (em 1983, os trabalhos arqueológicos da Villa Romana do Rabaçal ainda não tinham sido iniciados), passará nos xistos da Serra do Espinhal e da Ferraria de São João, deslumbrar-se-á com a Cascata da Pedra da Ferida e a Praia Fluvial da Louçaínha, e observará a beleza natural subterrânea da paisagem cársica.
Mas, sobretudo, percorrendo as páginas que descrevem cada uma das freguesias e as aldeias deste bonito Concelho, perceberá melhor a afabilidade e a simpatia de gente que, desde sempre viveu da terra e traz a sua Terra no coração.
Só assim é possível estarmos a fazer este caminho. Com pessoas que amam e lutam pela sua Terra … neste Concelho de Penela (com) História e Arte!”
Pode ler-se na Mensagem do Presidente (Paulo Júlio) In: “PENELA história e arte”, 2009
Este e outros novos livros na Biblioteca Municipal!