domingo, 25 de novembro de 2018

Aniversário de nascimento de EÇA DE QUEIRÓS (1845-1900) - 25 de novembro

HOJE, em dia aniversário do nascimento de Eça de Queirós, aconselhamos a leitura da sua obra.
José Maria Eça de Queiroz foi um importante romancista português do século XIX, nasceu em 25 de novembro de 1845, em Póvoa de Varzim e, foi o primeiro e um dos principais representantes do realismo português que veio renovar a nossa prosa literária.
Principais obras de Eça de Queiroz:
- A Cidade e as Serras
- A Ilustre Casa de Ramires
- A Relíquia
- A Tragédia da Rua das Flores
- As Farpas
- Contos e Prosas Bárbaras
- O Crime do Padre Amaro
- O Mandarim (conto)
- O Mistério da Estrada de Sintra
- O Primo Basílio
- Os Maias
- Uma Campanha Alegre
- Últimas páginas



quarta-feira, 21 de novembro de 2018

PENELA PRESÉPIO 2018


De 1 de dezembro a 6 de janeiro, o PENELA PRESÉPIO vai ser a “Estrela” que o guia até um mundo mágico com muitos momentos de animação, cor, música, espetáculos, alegria, sabores e descobertas do nosso património histórico, natural e imaterial.

PREÇÁRIO

Dias úteis:
Adultos 3€ | Crianças até 5 anos Grátis | Crianças 6 aos 12 anos 2€
Famílias (2 adultos+ 2 crianças) 7€ | Grupos (+15) 2€
Comboio 1€

Fins de Semana e Feriados:
Adultos 4€ | Crianças até 5 anos Grátis | Crianças 6 aos 12 anos 3€
Famílias (2 adultos+ 2 crianças) 10€ | Grupos (+15) 3€
Comboio 1€

Os Grupos carecem de marcação prévia: telf. 239 560 020 / 239 560 120 / 239 561 132 / 
telm. 919 917 288  ou email: penela.presepio@cm-penela.pt.

A venda de bilhetes, também, se encontra disponível através da plataforma online em: https://penelapresepio.bol.pt/

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

ENTRE ILUSÃO E REALIDADE - Exposição temporária, em novembro, no Auditório Municipal de Penela

Está patente a exposição ENTRE ILUSÃO E REALIDADE da artista finlandesa Moa Haga a residir em Portugal (Miranda do Corvo) no Auditório Municipal de Penela, durante o mês de novembro,

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Sophia de Mello Breyner Andersen - 99ª aniversário


Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2014) 
Foto de João Cutileiro - acedido em: BNP

Aqui

Aqui, deposta enfim a minha imagem,
Tudo o que é jogo e tudo o que é passagem, 
No interior das coisas canto nua.

Aqui livre sou eu — eco da lua
E dos jardins, os gestos recebidos
E o tumulto dos gestos pressentidos,
Aqui sou eu em tudo quanto amei.

Não por aquilo que só atravessei,
Não pelo meu rumor que só perdi,
Não pelos incertos actos que vivi,

Mas por tudo de quanto ressoei
E em cujo amor de amor me eternizei.

Sophia de Mello Breyner Andresen, in 'Dia do Mar' 


sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Projeto SOPHIA 2018-2019


Novo Ano Letivo 2018-2019 e, assim, o Projeto SOPHIA iniciou novas viagens! Desta vez, a contar histórias com cheirinho a HALLOWEEN!





Faleceu Maria José Moura, "mâe" da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas

Faleceu, hoje, em Lisboa, Maria José Moura, responsável pela criação da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas.

A imagem pode conter: 1 pessoa, a sorrir, em pé e sapatos22 h

Maria José Moura, responsável pela criação da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, morreu hoje em Lisboa.
Maria José Moura era considerada, por muitos, a "mãe" da Rede de Bibliotecas Municipais. As diversas homenagens que lhe foram feitas, em Portugal e no estrangeiro, reconheceram a mulher que serviu a causa das bibliotecas durante toda a vida. A DGLAB, organismo que sucedeu ao IPLB e DGLB, lamenta profundamente esta perda.
Maria José Moura era licenciada em Ciências Históricas e Filosóficas, com especialização no Curso de Bibliotecário Arquivista pela Universidade de Coimbra.
Foi Diretora dos Serviços de Documentação da Universidade de Lisboa até 1987.
Em 1986, foi coordenadora e redatora do Relatório do Grupo de Trabalho nomeado pela Secretária de Estado da Cultura, com o objetivo de definir as bases de uma política nacional de leitura pública, e onde se apontavam as medidas imediatas de intervenção, bem como orientações conceptuais e programáticas sobre as bibliotecas a criar e que estiveram na génese da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas.
Durante longos anos, e até 2006 - data em que se aposentou -, foi Diretora de Serviços de Bibliotecas do Instituto Português do Livro e das Bibliotecas, a que se seguiu a Direção-Geral do Livro e das Bibliotecas, do Ministério da Cultura.
Foi, simultaneamente, Coordenadora Geral do Projeto do Inventário do Património Cultural Móvel, Delegada Nacional do PGI/UNESCO, Vice-Presidente do Conselho Superior de Bibliotecas, responsável pelo National Focal Point – Telematic for Libraries Program e membro do Information Society Forum (Bruxelas). Integra a Comissão de Honra do Plano Nacional de Leitura.
Foi sócia fundadora da BAD, de que era Associada Honorária, e onde desempenhou as funções de Presidente da Direcção, Presidente da Assembleia Geral e, mais recentemente, de Vice-Presidente do CDN.
Integrou entretanto os Comités Permanentes da IFLA “ Public Libraries” e “ Library Buildings and Equipment”.
Condecorada com a Ordem do Mérito, recebeu também (1998, Amesterdão) o Prémio Internacional do Livro, por proposta da IFLA.
Foto: Susana Lopes
Acedido em Livro.DGLAB

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

SALVADOR DIAS ARNAUT, faria hoje, 105 anos





Salvador Manuel Dias dos Santos Arnaut, nasceu em 25 de outubro de 1913 em Pastor - Penela. Licenciou-se em Medicina (1940) que chegou a exercer, mas, em 1947 ingressou no Curso de Ciências Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras de Coimbra onde viria a desenvolver todo o seu percurso académico e cientifico como historiador. Doutorado em 1960. No seu percurso cientifico o Professor Salvador Dias Arnaut, impôs o maior apreço ao estudo da História Local onde Penela e o seu território estão muito presentes, testemunhado, aliás, na sua vasta obra literária.
Emerge, hoje, o CEHLR - Centro de Estudo de História Local e Regional - Salvador Dias Arnaut, situado ora, onde fora a sua própria residência, em Penela, e que alberga todo o seu espólio bibliográfico, tornando-se, assim, num espaço aberto à continuidade da história e, ao futuro!


quarta-feira, 24 de outubro de 2018

NARIZ PRETO - Pedro Tochas - 3 de novembro

Devido às condições meteorológicas que se fizeram sentir no passado dia 13 de outubro, o espetáculo ‘Nariz Preto' agendado para o Município da Penela foi adiado para o dia 3 de novembro, às 21h30, no Auditório da Biblioteca Municipal de Penela. A entrada é livre.


‘Nariz Preto’ é um espetáculo de rua onde o Pedro Tochas cria uma aventura épica com a ajuda do público. Mímica, circo e teatro físico, em ambiente de cinema mudo, são os elementos que fazem parte de uma história cheia de mistério e emoção, povoada por heróis e monstros, que prometem encantar e fazer rir toda a família.


'Nariz Preto' insere-se no projeto de programação patrimonial e cultural em rede 'Coimbra Região de Cultura', promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, que vai implementar mais de 150 iniciativas nos 19 municípios que a integram.



segunda-feira, 22 de outubro de 2018

DIA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES - 22 de outubro

“A biblioteca escolar destaca-se pela sua centralidade física e simbólica, constitui-se como um espaço físico e digital aberto, onde todos são bem-vindos, incrementando a ideia de uma cultura de leitura e escrita nas escolas.
Aprender a ler e ler para aprender são processos fundadores indissociáveis da ideia de educação. É necessário que na escola se leia de todas as maneiras, de forma autónoma e orientada, individualmente, a par e em grupo, em voz alta e silenciosamente, de forma extensiva e intensiva, sempre e em todo o lado, para aprender a manejar a informação de forma ética e crítica, estruturar o conhecimento, melhorar a aprendizagem e aumentar o sucesso educativo.” 

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

GALA DA EDUCAÇÃO 2018

Gala da Educação - 2018
Próximo sábado, 20 de outubro, pelas 21H00, no Pavilhão Multiusos - Penela.