domingo, 25 de novembro de 2018

Aniversário de nascimento de EÇA DE QUEIRÓS (1845-1900) - 25 de novembro

HOJE, em dia aniversário do nascimento de Eça de Queirós, aconselhamos a leitura da sua obra.
José Maria Eça de Queiroz foi um importante romancista português do século XIX, nasceu em 25 de novembro de 1845, em Póvoa de Varzim e, foi o primeiro e um dos principais representantes do realismo português que veio renovar a nossa prosa literária.
Principais obras de Eça de Queiroz:
- A Cidade e as Serras
- A Ilustre Casa de Ramires
- A Relíquia
- A Tragédia da Rua das Flores
- As Farpas
- Contos e Prosas Bárbaras
- O Crime do Padre Amaro
- O Mandarim (conto)
- O Mistério da Estrada de Sintra
- O Primo Basílio
- Os Maias
- Uma Campanha Alegre
- Últimas páginas



quarta-feira, 21 de novembro de 2018

PENELA PRESÉPIO 2018


De 1 de dezembro a 6 de janeiro, o PENELA PRESÉPIO vai ser a “Estrela” que o guia até um mundo mágico com muitos momentos de animação, cor, música, espetáculos, alegria, sabores e descobertas do nosso património histórico, natural e imaterial.

PREÇÁRIO

Dias úteis:
Adultos 3€ | Crianças até 5 anos Grátis | Crianças 6 aos 12 anos 2€
Famílias (2 adultos+ 2 crianças) 7€ | Grupos (+15) 2€
Comboio 1€

Fins de Semana e Feriados:
Adultos 4€ | Crianças até 5 anos Grátis | Crianças 6 aos 12 anos 3€
Famílias (2 adultos+ 2 crianças) 10€ | Grupos (+15) 3€
Comboio 1€

Os Grupos carecem de marcação prévia: telf. 239 560 020 / 239 560 120 / 239 561 132 / 
telm. 919 917 288  ou email: penela.presepio@cm-penela.pt.

A venda de bilhetes, também, se encontra disponível através da plataforma online em: https://penelapresepio.bol.pt/

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

ENTRE ILUSÃO E REALIDADE - Exposição temporária, em novembro, no Auditório Municipal de Penela

Está patente a exposição ENTRE ILUSÃO E REALIDADE da artista finlandesa Moa Haga a residir em Portugal (Miranda do Corvo) no Auditório Municipal de Penela, durante o mês de novembro,

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Sophia de Mello Breyner Andersen - 99ª aniversário


Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2014) 
Foto de João Cutileiro - acedido em: BNP

Aqui

Aqui, deposta enfim a minha imagem,
Tudo o que é jogo e tudo o que é passagem, 
No interior das coisas canto nua.

Aqui livre sou eu — eco da lua
E dos jardins, os gestos recebidos
E o tumulto dos gestos pressentidos,
Aqui sou eu em tudo quanto amei.

Não por aquilo que só atravessei,
Não pelo meu rumor que só perdi,
Não pelos incertos actos que vivi,

Mas por tudo de quanto ressoei
E em cujo amor de amor me eternizei.

Sophia de Mello Breyner Andresen, in 'Dia do Mar' 


sexta-feira, 2 de novembro de 2018

Projeto SOPHIA 2018-2019


Novo Ano Letivo 2018-2019 e, assim, o Projeto SOPHIA iniciou novas viagens! Desta vez, a contar histórias com cheirinho a HALLOWEEN!





Faleceu Maria José Moura, "mâe" da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas

Faleceu, hoje, em Lisboa, Maria José Moura, responsável pela criação da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas.

A imagem pode conter: 1 pessoa, a sorrir, em pé e sapatos22 h

Maria José Moura, responsável pela criação da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, morreu hoje em Lisboa.
Maria José Moura era considerada, por muitos, a "mãe" da Rede de Bibliotecas Municipais. As diversas homenagens que lhe foram feitas, em Portugal e no estrangeiro, reconheceram a mulher que serviu a causa das bibliotecas durante toda a vida. A DGLAB, organismo que sucedeu ao IPLB e DGLB, lamenta profundamente esta perda.
Maria José Moura era licenciada em Ciências Históricas e Filosóficas, com especialização no Curso de Bibliotecário Arquivista pela Universidade de Coimbra.
Foi Diretora dos Serviços de Documentação da Universidade de Lisboa até 1987.
Em 1986, foi coordenadora e redatora do Relatório do Grupo de Trabalho nomeado pela Secretária de Estado da Cultura, com o objetivo de definir as bases de uma política nacional de leitura pública, e onde se apontavam as medidas imediatas de intervenção, bem como orientações conceptuais e programáticas sobre as bibliotecas a criar e que estiveram na génese da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas.
Durante longos anos, e até 2006 - data em que se aposentou -, foi Diretora de Serviços de Bibliotecas do Instituto Português do Livro e das Bibliotecas, a que se seguiu a Direção-Geral do Livro e das Bibliotecas, do Ministério da Cultura.
Foi, simultaneamente, Coordenadora Geral do Projeto do Inventário do Património Cultural Móvel, Delegada Nacional do PGI/UNESCO, Vice-Presidente do Conselho Superior de Bibliotecas, responsável pelo National Focal Point – Telematic for Libraries Program e membro do Information Society Forum (Bruxelas). Integra a Comissão de Honra do Plano Nacional de Leitura.
Foi sócia fundadora da BAD, de que era Associada Honorária, e onde desempenhou as funções de Presidente da Direcção, Presidente da Assembleia Geral e, mais recentemente, de Vice-Presidente do CDN.
Integrou entretanto os Comités Permanentes da IFLA “ Public Libraries” e “ Library Buildings and Equipment”.
Condecorada com a Ordem do Mérito, recebeu também (1998, Amesterdão) o Prémio Internacional do Livro, por proposta da IFLA.
Foto: Susana Lopes
Acedido em Livro.DGLAB

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

SALVADOR DIAS ARNAUT, faria hoje, 105 anos





Salvador Manuel Dias dos Santos Arnaut, nasceu em 25 de outubro de 1913 em Pastor - Penela. Licenciou-se em Medicina (1940) que chegou a exercer, mas, em 1947 ingressou no Curso de Ciências Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras de Coimbra onde viria a desenvolver todo o seu percurso académico e cientifico como historiador. Doutorado em 1960. No seu percurso cientifico o Professor Salvador Dias Arnaut, impôs o maior apreço ao estudo da História Local onde Penela e o seu território estão muito presentes, testemunhado, aliás, na sua vasta obra literária.
Emerge, hoje, o CEHLR - Centro de Estudo de História Local e Regional - Salvador Dias Arnaut, situado ora, onde fora a sua própria residência, em Penela, e que alberga todo o seu espólio bibliográfico, tornando-se, assim, num espaço aberto à continuidade da história e, ao futuro!


quarta-feira, 24 de outubro de 2018

NARIZ PRETO - Pedro Tochas - 3 de novembro

Devido às condições meteorológicas que se fizeram sentir no passado dia 13 de outubro, o espetáculo ‘Nariz Preto' agendado para o Município da Penela foi adiado para o dia 3 de novembro, às 21h30, no Auditório da Biblioteca Municipal de Penela. A entrada é livre.


‘Nariz Preto’ é um espetáculo de rua onde o Pedro Tochas cria uma aventura épica com a ajuda do público. Mímica, circo e teatro físico, em ambiente de cinema mudo, são os elementos que fazem parte de uma história cheia de mistério e emoção, povoada por heróis e monstros, que prometem encantar e fazer rir toda a família.


'Nariz Preto' insere-se no projeto de programação patrimonial e cultural em rede 'Coimbra Região de Cultura', promovido pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, que vai implementar mais de 150 iniciativas nos 19 municípios que a integram.



segunda-feira, 22 de outubro de 2018

DIA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES - 22 de outubro

“A biblioteca escolar destaca-se pela sua centralidade física e simbólica, constitui-se como um espaço físico e digital aberto, onde todos são bem-vindos, incrementando a ideia de uma cultura de leitura e escrita nas escolas.
Aprender a ler e ler para aprender são processos fundadores indissociáveis da ideia de educação. É necessário que na escola se leia de todas as maneiras, de forma autónoma e orientada, individualmente, a par e em grupo, em voz alta e silenciosamente, de forma extensiva e intensiva, sempre e em todo o lado, para aprender a manejar a informação de forma ética e crítica, estruturar o conhecimento, melhorar a aprendizagem e aumentar o sucesso educativo.” 

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

GALA DA EDUCAÇÃO 2018

Gala da Educação - 2018
Próximo sábado, 20 de outubro, pelas 21H00, no Pavilhão Multiusos - Penela.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO

“Todos os anos, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e a Agricultura (FAO) celebra o Dia Mundial da Alimentação no dia 16 de outubro, para comemorar a fundação da Organização em 1945. Nesse contexto, são organizados eventos em mais de 150 países em todo o mundo, tornando-o um dos dias mais celebrados no calendário das Nações Unidas. Estes eventos promovem a consciencialização e ação mundial relativamente às pessoas que padecem de fome e sobre a necessidade de assegurar segurança alimentar e dietas nutritivas para todos. O Dia Mundial da Alimentação é igualmente uma oportunidade importante para enviar uma mensagem sólida ao público, segundo a qual: nós podemos acabar com a fome nesta vida e tornarmo-nos a Geração Fome Zero, contudo, todos nós devemos trabalhar juntos para alcançar este objetivo.”

FAO – Organização das Nações Unidas Para a Alimentação e a Agricultura
Viale delle Terme di Caracalla
www.fao.org/wfd

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Congresso Internacional José Saramago: 20 anos com o Prémio Nobel

Decorreu em Coimbra, de 8 a 10 de outubro - no Convento de São Francisco - o Congresso Internacional José Saramago: 20 anos com o Prémio Nobel


Na imagem: Segundo dia do Congresso - Mesa plenária  Professores Doutores Carlos Reis e Anselmo Borges, FLUC e Gerson Roani, professor da Universidade Federal de Viçosa: Diálogo sobre Deus e Saramago.

sábado, 6 de outubro de 2018

Gostar de ler...


Espetáculo com Pedro Tochas - dia 13 outubro - Auditório Municipal de Penela

No âmbito do programa Coimbra Região de Cultura, ‘Nariz Preto’, um espetáculo de Pedro Tochas, vai estar em cena no Auditório Municipal de Penela, no próximo dia 13 de outubro, pelas 21h30. A entrada é livre.



terça-feira, 2 de outubro de 2018

20 anos do Prémio Nobel a José Saramago



Agora, passadas duas décadas, uma série de iniciativas pretende recordar esse momento histórico para a literatura lusófona, celebrando o Prémio e o Escritor que o recebeu.
A Fundação José Saramago organiza ou co-organiza várias dessas actividades, tanto em Portugal como noutras partes do mundo. As celebrações arrancam nos dias 6 e 7 de outubro, com uma iniciativa organizada pelo Gabinete do Primeiro-Ministro em conjunto com a Fundação: o Primeiro-Ministro António Costa irá visitar lugares emblemáticos da vida e obra de José Saramago: Lanzarote, Azinhaga e Lisboa. Em Lanzarote, a visita contará com a presença do chefe de governo de Espanha, Pedro Sánchez.
Entre os dias 8 e 10 de outubro, em Coimbra, terá lugar o Congresso Internacional «José Saramago: 20 anos com o Prémio Nobel», coordenado pelo Professor Carlos Reis, que conta com 6 dezenas de comunicações e mais de 300 participantes. No primeiro dia do Congresso será apresentado o livro Último Caderno de Lanzarote (edição da Porto Editora), inédito de José Saramago.
Este livro será depois apresentado em Lisboa, a 12 de outubro, dia em que a Biblioteca Nacional de Portugal inaugura uma exposição documental dedicada a José Saramago. Esta sessão será também de apresentação de Um país levantado em alegria, de Ricardo Viel, que conta os bastidores dos dias que antecederam e que se seguiram ao anúncio do Prémio.
A 15 de dezembro, encerrando as comemorações, o Grande Auditório da Culturgest será palco da estreia mundial da sinfonia Memorial, composta por António Pinho Vargas, baseada em três romances de José Saramago e de celebração também dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Além de Lisboa, no Porto, em Madrid, Guadalajara, Belém do Pará, Vigo, Lanzarote, Azinhaga e em muitos outros cantos do mundo, José Saramago e a língua portuguesa serão celebrados.
A todas as entidades, públicas e privadas, que colaboram com a Fundação José Saramago neste programa, deixamos uma palavra de agradecimento.
Abaixo, deixamos a agenda das iniciativas programadas para a celebração dos 20 anos do Nobel. No decorrer das próximas semanas avançaremos mais detalhes de cada uma das iniciativas: 
Agenda 20 anos Nobel
PROGRAMA
6 e 7 de outubro, Lanzarote, Azinhaga e Lisboa
“Lugares de Saramago”, um roteiro com o Primeiro-Ministro António Costa por lugares marcantes da vida e obra de José Saramago
Uma iniciativa do Gabinete do Primeiro-Ministro e da Fundação José Saramago
8 a 10 de outubro, Convento São Francisco, Coimbra
Congresso Internacional “José Saramago: 20 anos com o Prémio Nobel”
12 de outubro, Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa
Apresentação dos livros Último caderno de Lanzarote, de José Saramago, e Um país levantado em alegria, de Ricardo Viel, e abertura de uma exposição em homenagem a José Saramago
25 de outubro, Fundação César Manrique, Lanzarote (Espanha)
Apresentação do livro Último caderno de Lanzarote, de José Saramago
29 de outubro, Biblioteca Almeida Garrett, Porto
Apresentação de Último Caderno de Lanzarote, de José Saramago, e Um país levantado em alegria, de Ricardo Viel
31 outubro, Fundação José Saramago, Lisboa
Sessão com Ana Margarida Carvalho sobre os contos de José Saramago
7 de novembro, Fundação José Saramago, Lisboa
Sessão com António Mega Ferreira sobre a poesia de José Saramago
14 de novembro, Fundação José Saramago, Lisboa
Sessão com Jorge Vaz de Carvalho sobre a música na obra de José Saramago
5 de dezembro, Fundação José Saramago, Lisboa
Sessão com Carlos Reis sobre o romance saramaguiano
10 de dezembro (data a confirmar), Torreão Poente da Praça do Comércio
Abertura da exposição «A Rebeldia de Nobel», com fotografias e textos de mais de duas dezenas de escritores vencedores do Prémio Nobel de Literatura
Organização da Câmara Municipal de Lisboa e da Fundação José Saramago, com o apoio da Embaixada da Suécia em Portugal
14 de dezembro, no Museu do Estado do Pará (Belém do Pará, Brasil)
Inauguração da exposição «Saramago – os pontos e a vista», cuja curadoria e de Marcello Dantas
15 de dezembro, Grande Auditório da Culturgest, Lisboa
Estreia mundial da sinfonia Memorial, de António Pinho Vargas, num concerto de celebração dos 70 anos da Declaração Universal de Direitos Humanos.

Acedido em: 20 anos de Nobel José Saramago

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

DIA MUNDIAL DA MÚSICA - 1 de outubro

Hoje é DIA MUNDIAL DA MÚSICA!
“A música é o vínculo que une a vida do espírito à vida dos sentidos. A melodia é a vida sensível da poesia.”
Ludwig Van Beethoven (1780-1827)


quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Em destaque Fundo Local da Biblioteca Municipal

Em tempo da Festa Anual de São Miguel 2018, que decorrerá por todo este fim-de-semana, a  Biblioteca Municipal destaca o nosso Fundo Local. 
Conheça melhor o nosso concelho e os nossos autores!





terça-feira, 11 de setembro de 2018

FESTA da VINHA 2018 - Chaínça e Camarinha - 23 de setembro


Festas de SÃO MIGUEL 2018



Aqui fica a programação das FESTAS DE SÃO MIGUEL - FAGRIP - FEIRA DAS NOZES 2018,a decorrer de 28 a 30 de setembro.

SEXTA-FEIRA, 28 de SETEMBRO
Comemorações das Jornadas Europeias do Património (Tema: - Partilhar Memórias - Entrada gratuita na Villa romana do Rabaçal)
19h00 – Inauguração da FAGRIP
20h30 – Abertura das Tasquinhas de São Miguel
22h00 – Desfile de Moda - Penela Fashion 2018
com participação especial de João Montez e Olívia Ortiz
La Mouche e Bruno Soares
24h00 – Tenda: - DJ`s
Hot Crazy Boy
Luís da Silva
Peter Ferrer

SÁBADO, 29 de SETEMBRO
Dia do Município - Feriado Municipal
10h30 – SESSÃO SOLENE DO DIA DO MUNICÍPIO, Auditório Municipal
14h00 – Torneio Internacional de Futebol Veteranos (Penelense; Mirandense; Gil Vicente e Santa Clara (Açores).
15h00 – Reabertura da FAGRIP
15h30 – Animação Infantil «Viagem Encantada»
18h00 – Espetáculo «À VOLTA DO FADO: Fado Pintado»
20h00 – Abertura das Tasquinhas São Miguel
23h00 – XIX RAID NOCTURNO TT S. MIGUEL 2018
23h30 – CONCERTO «EXPENSIVE SOUL»
01h00 – BAILE «SÓ RITMO»
AFTER HOURS – Tenda: - DJ`s
Baile do Leozinho
Luís da Silva
Peter Ferrer

DOMINGO, 30 de SETEMBRO
06h00 – Início da Centenária “Feira das Nozes”
08h00 – Arruada de Gaiteiros
09h00 – Reabertura da FAGRIP
12h00 – Reabertura das Tasquinhas São Miguel
15h00 – Animação «A Chiclateira», pela Companhia Encerrado para Obras
15h30 – Festival de Folclore
16h00 – Campeonato Distrital Futebol Divisão de Honra: Penelense-Sourense
21h00 – Espetáculo «EMOÇÕES» Classe de Ballet Espaço da Dança e SFP
22h00 – CONCERTO «TRIBUTO A ZECA AFONSO» Mário Mata & Amigos do Zeca
AFTER HOURS – Tenda: - DJ`s
VIAGEM - São Miguel Revival
Luís da Silva
Peter Ferrer


Peça de teatro - A COZINHA - 22 de setembro - 21.00 na Casa da Cultura do Espinhal


Ficha Técnica:
A Cozinha (a partir da obra homónima de Arnold Wesker) 
Encenação: Carla Maciel
Interpretação: Catarina Aguiar, David Henriques, Elizabete Marques, Gonçalo Romão, Inês Ferreira, Inês Ramalho, Isabel Freire, Pedro Marques, Sonja Valentina, Tânia Martins
Duração: Aproximadamente 1 hora

A peça de teatro "A cozinha" passa-se na cozinha de um grande restaurante. Todas as grandes cozinhas, nos momentos de serviço mais intenso, transformam-se em autênticos manicómios. É nestes momentos frenéticos que vemos as mais picuinhas, onde surgem as suscetibilidades, acontecem equívocos insanáveis e onde o orgulho explode. Assim começa o espetáculo “A Cozinha” que será apresentado às 21h00 do próximo dia 22 de setembro, na Casa da Cultura do Espinhal, inserido na programação da sexta edição da Bienal de Humor Luís D´ Oliveira Guimarães.
Durante cerca de uma hora, 10 clowns vão dar vida a uma cozinha imaginária onde as suas vidas se interligam por entre o frenesim de vários pedidos e cozinhados. Trutas fritas, omeletes, costeletas de vitela, linguados, bandejas e mais bandejas irão cruzar o palco, pelas mãos dos empregados de um restaurante extremamente concorrido. É neste ambiente de grande tensão, que as personagens mais diversas se vão encontrando, partilhando vidas, sonhos e paixões.
Esta realidade será desconstruída numa série de gags e exercícios, onde impera o universo do clown. Aqui, o Grupo de Alunos da Sociedade Guilherme Cossoul, pela encenação da atriz Carla Maciel, irá procurar a sua criança e verdade interior, aceitando-a e fazendo os outros rirem-se disso.
"Para Shakespeare, o mundo era um palco.” Aqui, para os habitantes de Penela que forem ver este espetáculo, será uma cozinha.

sábado, 8 de setembro de 2018

DIA INTERNACIONAL DA LITERACIA - 8 de setembro

“Quando aprenderes a ler, serás livre para sempre”, escreveu Frederick Douglass, no século XIX 
(…)
Neste Dia Internacional, convido todos os atores do mundo da educação, e de outros setores, pois trata-se de uma causa que a todos diz respeito, a mobilizarem-se a fim de que o ideal de uma sociedade mundial inteiramente alfabetizada se converta um pouco mais em realidade.”
Audrey Azoulay - Mensagem da UNESCO para o Dia Internacional da Literacia 2018


sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Estão abertas, até ao próximo dia 22 de setembro, as inscrições para o casting de apuramento dos participantes no Desfile de Moda  PENELA FASHION que irá decorrer nas Festas de São Miguel 2018.


XII FÓRUM DA EDUCAÇÃO 2018 - Auditório Municipal de Penela


Teve lugar, ontem, o XII Fórum Educação de Penela marcando assim, o início de mais um ano letivo com a realização de uma jornada formativa para educadores, professores e técnicos especializados, sob o tema: "Quando a Escola cuida de todos". 
Bom Ano letivo 2018/2019!



Maravilhas à Mesa. Região de Coimbra ganhou com canfana e leitão

Maravilhas à Mesa



A mesa das Terras da Chanfana, que congregou um conjunto de entidades dos concelhos de Lousã, Miranda do Corvo, Penela e Vila Nova de Poiares, foi proposta pela Dueceira.
Os sete ‘patrimónios’ candidatos foram a chanfana, o queijo do Rabaçal, o mel da Serra da Lousã; o Licor Beirão; o vinho da Quinta de Foz de Arouce, o Mosteiro de Santa Maria de Semide e os trilhos da natureza da Serra da Lousã.
A outra candidatura vencedora foi a mesa da Bairrada ao Mondego, que congrega o território composto pelos municípios de Cantanhede, Figueira da Foz, Mealhada, Mira, Montemor-o-Velho e Penacova, proposta pela AD ELO.
Nesta proposta estavam a sardinha na telha, o arroz de Lampreia, o leitão à Bairrada, o espumante e o vinho tinto Marquês de Marialva, o Castelo de Montemor-o-Velho e o Bussaco/Luso.
In:

terça-feira, 4 de setembro de 2018

VI BIENAL DE HUMOR LUÍS D'OLIVEIRA GUIMARÃES - ESPINHAL

A Bienal do Humor, na sua VI edição, e a Feira do Mel, já na sua XXIX, reforçaram a marca do Espinhal e do Concelho de Penela enquanto território diferenciado capaz de gerar produtos endógenos únicos e, simultaneamente, ir construindo aquele que é, já hoje, um dos maiores eventos mundiais de enaltecimento do humor enquanto estilo e forma de participação cívica.




































FESTIVAL DE CINEMA - "O Ciclo da Vida" - Auditório Municipal de Penela - Setembro

FESTIVAL DE CINEMA "O Ciclo da Vida", em Setembro no Auditório Municipal de Penela - quartas-feiras!


Ida Virale, poeta, Premio FIL de Literatura 2018

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e interiores













O Prémio FIL de Literatura em Línguas Românicas, da Feira de Guadalajara, foi atribuído a Ida Vitale.
Nascida em Montevideo a 2 de novembro de 1923, Ida Vitale é poeta, periodista, tradutora e crítica literária.
Receberá o Prémio no próximo dia 24 de novembro, durante a inauguração da Feria Internacional del Libro de Guadalajara, México.
Eduardo Lourenço era o candidato português, apresentado pela DGLAB, Instituto Camões e Fundação Calouste Gulbenkian.